Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.0/5 (898 votos)



ONLINE
2





Partilhe este Site...

Deixe um recado no mural, obrigado a todos pela visita.

 

Faça parte da resistencia contra a Nova Ordem Mundial


Homossexualismo em Evidencia
Homossexualismo em Evidencia

O Ano em Que a Homossexualidade Será Colocada Totalmente em Evidência

Todos os sinais indicam que este será o ano em que as forças políticas e culturais se combinarão para colocar o movimento GLBT na corrente dominante da sociedade.

 

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

 

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"

 


Em todo o mundo, as pessoas com discernimento puderam sentir que o presidente Obama iria forçar grandes mudanças logo no início de seu governo. Ele falou enfaticamente sobre mudança e depois implementou grandes mudanças na economia, nas relações internacionais e com a diversidade de suas indicações.

Além disso, ele parece ter um lugar especial em seu coração para o grupo GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros). Ele indicou mais de três dezenas de indivíduos GLBT para vários cargos em sua administração. Ele convidou casais de homossexuais a trazerem seus filhos para a participarem da brincadeira Caça ao Ovo da Páscoa na Casa Branca, causando grande perturbação na comunidade heterossexual e cristã. Existem rumores que ele indicará uma lésbica para ocupar o cargo de juíza da Suprema Corte, em substituição a David Souter, que vai se aposentar em breve.

Ele também convidou a comediante Wanda Sykes para fazer piadas no Baile Anual dos Correspondentes na Casa Branca, um foro a partir do qual ela atacou o radialista conservador Rush Limbaugh como um terrorista incompetente em 11/9 e sugeriu que ele morra por falência renal. [Leia os detalhes no artigo N2362 (não traduzido)].

Na frente nacional, fora da Casa Branca, os homossexuais e lésbicas estão trabalhando ativamente para fazer avançar sua causa.

O Congresso parece inclinado a aprovar uma estridente "Lei dos Crimes de Ódio" que na verdade removerá as barreiras jurídicas contra os pedófilos! Veja a advertência feita pelo Dr. James Dobson a todos os que queiram ouvir:

Resumo da Notícia: "Dobson: 'Uma profunda malignidade está vindo do Congresso'", Dr. James Dobson, WorldNetDaily, 14 de maio de 2009.

"James Dobson, fundador do ministério cristão Focus on the Family, com base em Colorado Springs, advertiu hoje que há uma 'profunda malignidade' vindo de Washington DC nestes dias. 'Quero dizer aos nossos ouvintes que surgiu algo tão chocante e absurdo que precisamos levar ao conhecimento de nossos amigos', ele disse em seu programa de rádio.".

O Dr. Dobson luta há mais trinta anos pelas causas cristãs e isso inclui a discussão sobre a homossexualidade. Durante o fim dos anos 1980, Dobson liderou a luta para educar as pessoas sobre a AIDS e como ela estava devastando a comunidade homossexual. No segmento seguinte, ele revela como toda a cena atual é sem precedentes:

"'Vou falar de forma bem direta hoje, porque não há outra palavra para isto: uma profunda malignidade está saindo do Congresso. Tenho meu programa de rádio há 32 anos e nunca vi um tempo como este. A esquerda radical controla o Poder Executivo por meio do presidente, e o Congresso, onde os Democratas têm o controle da Câmara dos Representantes e do Senado', ele disse, acrescentando que podemos esperar que os tribunais se movam ainda mais para a esquerda.".

Agora, Dobson volta sua atenção para a opressiva Lei dos Crimes de Ódio:

"Uma oitiva sobre a Lei da Prevenção dos Crimes de Ódio — Imposição da Lei Local, já aprovada pela Câmara dos Representantes como H.R. 1913 e em tramitação no Senado como S.909, é esperada na Comissão de Justiça do Senado em breve. Ela foi descrita por Shawn D. Akers, analista de política do Liberty Counsel, como uma lei para criar punições contra as 'vítimas' que forem escolhidas com base em uma 'orientação sexual, identidade de gênero... real ou percebida'."

"Muitos chamaram a lei de 'Lei de Proteção aos Pedófilos' e os representantes Louis Gohmer (R-Texas) e Steve King (R-Iowa) explicaram no programa de Dobson como tentaram fazer os Democratas, que são maioria no Congresso, definirem 'orientação sexual' na lei — e foram rejeitados. Eles também tentaram acrescentar um aditamento que dizia que os pedófilos não estavam, na verdade, protegidos dentro da lei, e os Democratas novamente votaram pela rejeição da ideia. King explicou que isto é parte de um esforço nacional por parte dos ativistas homossexuais de não apenas terem a liberdade de escolher seu estilo de vida, mas de poderem exigir aprovação e também condenar aqueles que não concordarem com o comportamento homossexual deles." [Ênfase adicionada].

Na verdade, vários anos atrás, o grupo de psiquiatria pró-homossexual NARTH (National Association for Research and Therapy of Homossexuality, ou Associação Nacional para Pesquisa e Terapia da Homossexualidade), emitiu uma declaração enfática em que propôs uma grande variedade de práticas homossexuais e lésbicas sejam consideradas normais e removidas da lista dos distúrbios mentais.

Resumo da Notícia: "Devem Estas Condições Serem Normalizadas?", NARTH (National Association for Research and Therapy of Homossexuality) — http://www.narth.org.

"... em San Francisco, em um simpósio realizado na Associação Americana de Psiquiatria (APA), discutiu-se a possível remoção de diversas categorias de doenças mentais, há muito tempo reconhecidas, dos distúrbios mentais na futura edição do manual psiquiátrico. Entre as doenças mentais que foram debatidas no simpósio na convenção anual da APA estavam todas as parafilias — que incluem a pedofilia, o exibicionismo, o fetichismo, o travestismo, o voyeurismo e o sadomasoquismo. Foi também debatido o distúrbio da identidade sexual, uma condição em que uma pessoa sente um desconforto persistente com seu sexo biológico. Os ativistas homossexuais há muito tempo reivindicam que o distúrbio com a identidade sexual não seja assumido como anormal, quando, eles dizem, é normalmente uma expressão de saudável pré-homossexualidade."

Você pode sentir a presença do espírito demoníaco de Sodoma no parágrafo acima? Todas essas atividades eram, com toda a certeza, consideradas normais em Sodoma e eram praticadas regularmente. Esses tipos de atividades estavam sem dúvida alguma contribuindo para o "clamor" que Deus ouviu antes de decidir aniquilar fisicamente aquelas cidades. Leia o relato bíblico:

"Disse mais o SENHOR: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito, descerei agora, e verei se com efeito têm praticado segundo o seu clamor, que é vindo até mim; e se não, sabê-lo-ei." [Gênesis 18:20-21].

Este sempre foi o objetivo supremo dos ativistas homossexuais da era moderna: Recriar Sodoma e Gomorra, onde o estilo de vida homossexual era preferido em relação ao estilo heterossexual e onde os valores dos homossexuais formavam a base para as leis. Você pode observar isso no relato bíblico da visitação dos anjos a Ló e sua família em Sodoma.

Vamos agora consultar a definição do dicionário de cada uma dessas doenças que a Associação Americana de Psiquiatria quer normalizar, e a matéria se tornará mais clara para você:

* Pedofilia — Uma obsessão de um adulto em ter sexo com crianças. A NARTH observa em um trabalho: "... a NARTH dirigiu a atenção do público a um artigo publicado no Boletim Psicológico que minimizava o dano provocado pelos relacionamentos sexuais homem-menino desde que 'não tenha ocorrido coerção'... A senhorita Eberstadt identifica que a cultura homossexual em certa extensão abriga — e no cenário do melhor caso, deixa de condenar — o movimento de 'amor' homem-menino à medida que ele vai ganhando visibilidade... Alguns proclamam que os meninos são um jogo sexual limpo." ["More on the Pedophilia Question", NARTH,http://www.narth.com/docs/moreonped.html].

Existem evidências de sexo entre homens e meninos em Sodoma? Pode apostar que sim; veja o relato bíblico:

"E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros. E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos." [Gêneseis 19:4-5].

Os homens de Sodoma — tanto jovens quanto velhos — cercaram a casa de Ló para exigir que os anjos viessem para fora e mantivessem relações sexuais com eles. Acredito que a homossexualidade homem-menino era praticada em Sodoma.

* Exibicionismo — "Mania de exibir as partes sexuais." [Novo Dicionário Aurélio] — Basta se informar das terríveis práticas realizadas durante as Marchas do Orgulho Gay para compreender o que é o exibicionismo. A NARTH discute o exibicionismo como parte do "lado escuro" da homossexualidade. Veja:

"Mas como a homossexualidade é baseada em um déficit, o lado escuro da vida homossexual — caracterizada por vícios sexuais e fixações — mantém-se obstinadamente emergindo, apesar dos esforços de relações públicas para submergi-la.Culture Facts, uma publicação on-line do Family Research Council, informou recentemente sobre uma feira de rua que ilustra esse paradoxo. A feira foi patrocinada em parte pela Campanha dos Direitos Humanos e Força Tarefa Nacional dos Gays e Lésbicas (NGLTF) — dois grupos muito proeminentes compromissados em normalizar e tornar a homossexualidade uma corrente dominante. No entanto, aquele evento teve chicotadas em público, piercing corporal, sexo em público, sadomasoquismo, e nudez pública dos participantes da marcha. Barracas na feira vendiam adesivos para carros que diziam: "Deus se masturba", e "Eu Adoro Satanás", e ambulantes vendiam coleiras para cachorros e chicotes de couro (não para os cachorros). Na lateral da feira, um homem vestido como uma freira católica estava preso com cintas a uma cruz, tendo suas nádegas expostas; os transeuntes eram convidados a chicoteá-lo em troca de uma doação de dois dólares." ["Por Que Revelar o Lado Escuro do Movimento Homossexual?", NARTH, http://www.narth.com/docs/whyreveal.html].

Essas atividades homossexuais durante essa feira na rua sem dúvida alguma produziram o tipo de dor que faria alguém gritar e clamar.

* Fetichismo — "Perversão que consiste em amar não à pessoa, mas a uma parte dela ou um objeto de seu uso." [Novo Dicionário Aurélio] — "Uma atração sexual anormal a algum objeto ou parte do corpo não normalmente considerada erógena." [Tormont Webster's Illustrated Encyclopedic Dictionary].

* Travesti — "Uma pessoa que, por estímulo sexual, veste roupas normalmente usadas pelo sexo oposto." [Tormont Webster's Illustrated Encyclopedic Dictionary].

* Voyeur — "Pessoa que obtém prazer sexual observando outras pessoas se despirem ou copularem, especialmente a partir de um local secreto de observação." [Ibidem].

* Sadomasoquismo — "A conjugação de sadismo e masoquismo em uma mesma pessoa, marcada pela obtenção de prazer infligindo ou submetendo-se à dor." [Ibidem]. No artigo do NARTH, acima, vemos atividades ocorrerem que causariam dor e, é lógico, a dor faz a pessoa gritar — "chicotadas em público, piercing corporal, sexo em público, sadomasoquismo, usar coleiras de cachorro e chicotes de couro."

Você pode ver por que a prática da homossexualidade em Sodoma e Gomorra fazia os meninos e homens adultos clamarem e gritarem?

Agora, vamos voltar ao artigo do NARTH para ver os argumentos terrivelmente falaciosos que estão sendo apresentados pela Associação Americana de Psiquiatria para que essas práticas de desvio sejam agora consideradas normais:

"O psiquiatra Charles Moser, do Instituto para o Estudo Avançado da Sexualidade Humana", de San Francisco, e a coautora Peggy Kleinplatz, da Universidade de Ottawa, apresentaram um trabalho intitulado 'DSM-IV-TR e as Parafilias: Um Argumento Para a Remoção'. Eles argumentaram que as pessoas cujos interesses sexuais são atípicos, culturalmente proibidos, ou religiosamente proscritos, não devem, por essas razões, serem rotuladas como mentalmente doentes. Primeiro, eles dizem, diferentes sociedades estigmatizam diferentes comportamentos sexuais. Além disso, a pesquisa existente não pode distinguir as pessoas com as parafilias, eles dizem, dos 'normafílicos' (o termo que os autores usam para as pessoas com interesses sexuais convencionais), de modo que não há razão alguma para diagnosticar os parafílicos como um grupo distinto, ou psicologicamente enfermos. Além disso, Moser e Kleinplatz acrescentam, a psiquiatria não tem uma linha de base, um modelo teórico do que, na verdade, constitui sexualidade normal e saudável para comparar as pessoas cujos interesses sexuais os atrai para as crianças ou para o sadismo/masoquismo." ["Should These Conditions Be Normalized?", op. cit.].

Obviamente, esses psiquiatras que apresentaram esses argumentos não consideraram seriamente que a questão de um padrão nunca deveria ser uma comparação com outras culturas, mas com a Bíblia Sagrada judaico-cristã. Antes de vermos o que a Bíblia diz sobre essa prática sexual, vamos continuar com o enganoso raciocínio desses psiquiatras:

"... durante as três últimas décadas, a psiquiatria moveu-se para longe da dependência das teorias causais — teorias que, tipicamente, não podem ser verificadas — e em vez disso, buscou evidências diretas, verificáveis empiricamente; não das origens patológicas de uma condição, mas de seu efeito desabilitador no presente. Sem essa evidência de angústia e incapacidade observáveis, uma condição geralmente não é considerada como um distúrbio mental. As pessoas com interesses 'sexualmente incomuns', Moser e Kleinplatz observam, podem na verdade ser bem felizes e ajustadas. Mas a rotulagem da APA de suas condições como 'patológica' gera discriminação social contra elas, Moser e Kleinplatz advertem, o que pode levar à angústia e à discriminação que são psicologicamente danosas." [Ibidem].

 

Esse raciocínio é típico da comunidade homossexual. Eles argumentam que não existe evidência científica que "prove" que as práticas homossexuais prejudiquem a mente ou as emoções de uma pessoa. A maioria dos homossexuais e lésbicas, eles argumentam, é tão feliz e bem-ajustada quanto os heterossexuais.

Na verdade, um autor pró-homossexual observou que nosso "viés" cultural contra os atos homossexuais deriva da ampla influência judaico-cristã. Veja:

"Diversos comentaristas indicaram sua desaprovação das influências morais exercidas na sociedade por sua herança judaico-cristã, que tradicionalmente estigmatizou a sexualidade infantil... o mundo ocidental foi antigamente dominado pelos princípios judaico-cristãos, e costumávamos julgar determinados atos sexuais, como adultério, sodomia, e sexo sadomasoquista como intrinsecamente errados. Agora, porém, esses 'antigos preconceitos', ele diz, estão desaparecendo. O que alguém decide fazer sexualmente com outra pessoa é hoje considerado moralmente aceitável desde que um acordo válido seja negociado." [International Academy of Sex Research Joins the Debate: Is Pedophilia a Mental Disorder?" NARTH,http://www.narth.com/docs/debate2.html].

Que tipo de 'negociação' ocorre entre um adulto e uma criança pequena? A criança provavelmente permitirá que o adulto faça tudo o que quiser.

Entretanto, referente à afirmação que estamos tendo esse debate somente por que nossa sociedade sempre aderiu ao padrão bíblico, nós não poderíamos ter dito o fato de forma mais clara. Estamos neste debate simplesmente por que os "princípios judaico-cristãos" tradicionais que sempre guiaram a sociedade ocidental foram agora tão erodidos que todos os tipos de desvios estão "saindo do armário", e se tornando aceitáveis. Hoje, todos "fazem aquilo que é reto aos seus próprios olhos". O que a Bíblia diz a respeito desse tipo de pessoa?

"O caminho do insensato é reto aos seus próprios olhos, mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio." [Provérbios 12:15].

"Todo caminho do homem é reto aos seus olhos, mas o SENHOR sonda os corações." [Provérbios 21:2].

Agora, vamos retornar ao tempo presente. Já mencionamos algumas das áreas em que o estilo de vida homossexual está tentando forçar sua aceitação na sociedade. Você provavelmente viu a cena em que a Miss Califórnia respondeu ao ativista homossexual Perez Hilton. Durante a fase final do concurso Miss América, a representante da Califórnia, Carrie Prejean, foi questionada pelo jurado Perez Hilton o que pensava a respeito do casamento entre homossexuais. Ela respondeu que acreditava que casamento deveria ser somente entre um homem e uma mulher.

A comunidade homossexual ficou indignada. Hilton até mesmo proferiu um palavrão para Carrie. Os cristãos foram caracterizados como estúpidos, ignorantes e fora de sintonia com o resto da humanidade. Minha mulher ouviu em um programa de rádio alguns dias depois que toda a cena foi planejada. A Miss Califórnia sabia de antemão que Perez Hilton iria fazer a pergunta e foi orientada a dar aquela resposta. Portanto, a comunidade homossexual queria a controvérsia, pois sabe que qualquer controvérsia convence ainda mais pessoas que o estilo de vida homossexual é normal e deve ser incentivado.

Dado todo esse furor que está ocorrendo no país e que está colocando o estilo de vida GLBT em evidência, seria este o ano em que o programa de televisão American Idol coroará seu primeiro homem abertamente homossexual como vencedor? Adam Lambert é o reconhecido líder dos finalistas que estão disputando o prêmio. Na verdade, na próxima semana, Adam Lambert competirá com Kris Allen pela posição final.

Simon Cowell, um dos jurados do programa, virtualmente coroou Lambert como o vencedor na semana que passou. Todas as pessoas estão achando que Adam Lambert ganhará a coroa neste ano. É interessante que, embora Lambert seja homossexual, Kris Allen é declaradamente um cristão evangélico devoto. Portanto, essa final está sendo armada como uma competição entre os homossexuais e os cristãos! Se Adam Lambert for coroado, sua vitória será simbolicamente a vitória da comunidade homossexual contra os odiados cristãos.

Nunca acreditei que os proprietários e operadores do programa American Idol realmente dependam dos votos da população, apesar de suas declarações em contrário. Nunca me esqueço do ano em que Taylor Hicks foi coroado como vencedor na final do programa. Minha mulher e eu estávamos convencidos doze semanas antes que Taylor iria ganhar, porque durante a semana quando os finalistas foram reduzidos a 12 candidatos, Ryan Seacrest trocou um impressionante aperto de mão maçônico com ele. Daquele momento em diante, soubemos que Hicks ira vencer, e de fato ele venceu.

Além disso, já observei que, com poucas exceções, qualquer candidato que responda de forma negativa a uma pergunta de Simon Cowell é "votado" para deixar o programa naquela mesma noite.

Agora, vamos examinar Adam Lambert um pouco mais de perto. Você verá por si mesmo que ele segue o estilo de vida homossexual. Esteja ciente que estas são imagens chocantes e podem ser controversas demais para você ver. Todavia, para revelar a verdade sobre ele, mostramos somente o endereço URL para que você tome a decisão de ver ou não.

Resumo da Notícia: "Adam Lambert gosta de homens", The Blemish, em http://theblemish.com/2009/03/adam-lambert-is-into-men/adam-lambert-burning-man-04/ [Advertência: Esta página parece conter um software malicioso, conhecido como spyware, de modo que talvez você prefira evitar carregá-la.].

 

 

Observe que Lambert está dando um beijo de língua em outro homem. Observe também que ele está vestido como uma mulher!! Essas fotos foram tiradas no encontro de Nova Era/Gays conhecido como "Burning Man".

Não há dúvida que o homossexual Adam Lambert estará duelando com o cristão evangélico Kris Allen pela primeira colocação. Se a tendência de colocar o estilo GLBT em evidência se mantiver, o programa American Idol coroará Lambert como vencedor. Ele também será o primeiro homossexual e travesti a receber o prêmio.

A direção do programa American Idol convidou o presidente Obama a comparecer à final, quando a coroa suprema será entregue a Lambert ou a Allen. Se Adam Lambert conquistar o título e se tornar American Idol, será o primeiro homossexual masculino a receber o prêmio. Dada a apreciação que o presidente Obama tem pela agenda homossexual, não seria surpresa vê-lo entregar o título a Adam Lambert, acrescentando a aprovação presidencial a todo o estilo de vida GLBT.

Vamos encerrar este artigo com uma análise bíblica do que o Criador do universo tem a dizer sobre a homossexualidade. Como Deus nunca muda, aquilo que O deixou irado 4.000 anos atrás também provoca Sua ira hoje. À medida que o mundo rejeita os mandamentos de Deus e caminha rapidamente para a destruição ao criar uma cultura moralmente similar a de Sodoma e Gomorra, seria bom dar ouvidos ao padrão eterno definido por Aquele diante de quem iremos comparecer um dia para o julgamento.